a carregar...

domingo

14 Julho | 18:00

Jardim da Anta
Trulé (Portugal)

Robertos, Viola & Campaniça – Uma Tourada dos Diabos

Duração: 45 minutos | Público: todas as idades

Uma tourada dos Diabos! Peça para Robertos, viola campaniça, guitarra e lenço branco.

É neste País – Associação Cultural, apresenta um espectáculo de Robertos com ingredientes pouco habituais nesta forma de teatro de marionetas.

Baseada na “Tourada à portuguesa”, uma das peças que compõem o restrito reportório tradicional de Robertos,  “Uma Tourada dos Diabos”, apresenta uma visão muito própria do confronto do Homem com a “besta”, venha ela em forma de animal ou diabo, seja ela o reflexo de si mesmo ou uma imagem de olhos fechados.

A música, muito rara nos espectáculos de Robertos, tem aqui um papel fundamental para o contar da história: é ela que monta e desmonta essa arena de pano, brinca e dialoga com os bonecos, transporta as emoções nas cordas das violas e das vozes.

“Uma Tourada dos Diabos” é uma peça divertida de medo e coragem, de fado e lenço (branco)!

*Tradicionalmente, o lenço branco é exibido para a atribuição de música na tourada à portuguesa.

O espectáculo “Uma tourada dos diabos” de Robertos, Viola e Campaniça pretende promover a tradição milenar das marionetas, em particular o espectáculo de Robertos, técnica de luva tradicional portuguesa dando-lhe Manuel Costa Dias uma interpretação e uma marca de renovação, característica do seu trabalho, em conjunto com o instrumento tradicional do Alentejo, a viola campaniça, instrumento que António Bexiga tem vindo a explorar em diversos contextos musicais e no qual se apresenta como um dos tocadores mais virtuosos da actualidade e, por último, com a incrível voz do músico Nuno do Ó, o fado acrescenta qualidade ao espectáculo com arranjos e letras originais uma marca de portugalidade resultando num espectáculo de forte raiz tradicional e popular da cultura portuguesa.


Ficha Técnica/Artística

Criação coletiva a partir de “Tourada À Portuguesa” – Repertório tradicional de Robertos
Manipulação, Construção dos bonecos e palheta: Manuel Costa Dias | Música original, arranjos, viola campaniça e percussão: António Bexiga | Arranjos, guitarra percussão e voz: Nuno do Ó | Produção: É neste País, Associação Cultural

http://mimmos.pt/wp-content/uploads/2019/05/trule.jpg

Portugal

Trulé


mais informações


http://mimmos.pt/wp-content/uploads/2019/05/local-3-160x160.jpg
local

Jardim da Anta

Agualva
mais informações