Marta Fernandes da Silva nasceu em Setembro de 1979. Em 2003 termina a Licenciatura em Artes Plásticas – Escultura pela Faculdade de Belas Artes do Porto, em 2004 frequenta o curso de Cenografia do Espaço Cenográfico coordenado pelo cenógrafo e figurinista J. C. Serroni  em São Paulo, Brasil.

Artista plástica, cenógrafa, aderecista e marionetista, participou em várias exposições mas é sobretudo na realização plástica do espectáculo que o seu percurso profissional se destaca.

Trabalhou com encenadores como José Rui Martins, Pompeu José, José Caldas, Júnior Sampaio, Maria João Trindade, Maria Simões, Filipa Mesquita, Clara Ribeiro, Maria do Céu Guerra, Rita Lello e Pedro Cardoso.

Desenvolve actividades de artes plásticas e cenografia direccionadas para crianças e adultos.

No seu percurso como artista plástica, participou em várias exposições das quais se destacam: em 2002, “Caligrafias”, exposição individual de desenho no Festival D’Agosto, Maputo, Moçambique; em 2003, XII Bienal Internacional de Vila Nova de Cerveira – instalação colectiva do grupo Balão Dar Quente, também em 2003, “Pano para mangas”, exposição de fotografia do colectivo Identidades tendo sido apresentada em Recife, Brasil; Mindelo, Cabo Verde. “Convivendo com José Craveirinha”, exposição colectiva de desenho no Instituto Camões Centro Cultural Português integrada no III Festival Internacional de Teatro d’Agosto, Maputo, Moçambique. Em 2011 realizou a escultura de homenagem ao actor João d’Ávila para o Jardim da J. F. de Carnide em Lisboa.

Desde 2004 tem desenvolvido vários workshops de artes plásticas e cenografia direccionados a crianças e adultos.

X